23/05/2017

Cachorro em apartamento?

Veja as raças que melhor se adaptam.

Quem não dispensa a companhia de um cãozinho, pode encarar algumas dificuldades ao criar um se morar em um apartamento, muitas vezes pequeno.

Existem raças que precisam de espaços maiores, pois têm muita energia. Mantê-los em ambientes menores pode desenvolver hiperatividade, estresse e irritabilidade, além de problemas de convivência com o próprio dono.

Em contrapartida, há cachorros perfeitos para morar em apartamento por serem pequenos e sociáveis, além de se adaptarem em qualquer lugar. Em geral, essas raças ficam bem sozinhas e precisam apenas de atenção suficiente para suprir a falta de espaço. Com base em sites especializados em cuidados para cães, listamos as cinco melhores raças de cachorro para viver em apartamentos. Confira!

1) Pug
Uma raça pequena que dificilmente passa dos 30 centímetros de altura e dos 8 quilos. Os Pugs são bastante apegados ao dono e os seguem onde vão. Apesar disso, não demonstram tristeza por ficarem sozinhos nem irão descontar nos móveis da casa.

2) Yorshire
São agitados e cheios de energia, mas têm uma vantagem grande para quem fica bastante tempo fora de casa: eles são bem independentes. É muito difícil um Yorkshire ficar deprimido. Se você tiver paciência para adestrá-lo, deixar alguns brinquedos com ele será o necessário para que ele se divirta, mesmo sem companhia.

3) Dachshund
Os famosos Salsichinhas são muito companheiros, ativos e inteligentes. Embora sintam ciúme em relação a outros animais, são muito bons para ter em um apartamento, já que se adaptam fácil.

4) Bulldog Francês
O Bulldog Francês é um cão família, muito carinhoso e calmo. Essa é uma das raças que mais vivem em apartamentos justamente por não precisar de muito espaço. São extremamente apegados aos donos, por isso podem sentir se ficarem muito tempo sozinhos.

5) Maltês
Essa é uma das raças preferidas quando se fala em cachorros pequenos. São naturalmente comportados e sociáveis, além de se adaptarem facilmente ao local em que vivem, seja casa, seja apartamento.

Procure pesquisar mais sobre as características de cada raça e escolha sem pressa. Evite agir por impulso e pegar um filhote que não irá se adaptar. E lembre-se que cada cachorro possui as próprias necessidades físicas e que todos precisam de passeios regulares, carinho, atenção e cuidado.


Voltar

Compartilhar com
meus amigos

Facebook Twitter